Sobre crises de choro aleatorias (ou não)

Sempre fui uma pessoa emotiva. Sempre. Sempre demonstrei ser uma pessoa fria, dura, aquela coisa de “sem coração”, mas na verdade foi uma proteção que fiz já que sou muito emotiva.

Não quero ser mãe. Não quero filhos. Nem posso ter filhos e vocês sabem o motivo né. Hoje assisti Juno depois de uma década e chorei. Chorei muito. Chorei por não ver possibilidade de ser mãe, pela pessoa que estou não querer ter filhos e devido à isso não terei filhos loiros de olhos azuis. Poxa, eu quero filhos loiros de olhos azuis 💔

Não é TPM já que não estou no meu período. Rezo pra ser falta de TSH já que vi que deu ruim no último hemograma. Rezo pra ser isso e não uma crise a essa altura do campeonato sobre filhos. Eu realmente não me sinto preparada pra isso nem psicologicamente e muito menos financeiramente. Na verdade eu nem nasci com o dom de ser mãe, não tenho aquele instinto materno que faz as mulheres quererem ser mães desde cedo.

O ponto é: chorei e chorei muito assistindo o filme. Em outro momento jamais choraria já que o assunto do filme não me interessa.

Ultimamente tenho me sentindo cada dia pior. Meu humor tá oscilando mais que o normal e tenho que me segurar pra não chorar por qualquer motivo bobo.

Advertisements